Opinião

Um balanço do mandato

Ser vereador numa cidade como São Paulo é um imenso desafio e responsabilidade.  Aqui tudo é superlativo e proporcional a uma população de mais de 12 milhões de habitantes.

No meu primeiro mandato, de 2013 até 2016, a Câmara foi uma escola para mim. Como vereador de oposição, travei embates com colegas e com o Executivo sobre projetos e posturas que em nada beneficiariam a população. Tive vitórias, reconheço, mas também derrotas.  É triste ter seus projetos, muitos deles bem avaliados pela população, sendo vetados pelo prefeito pelo simples fato de não fazer parte da sua base de governo.

Porém, as dificuldades só me fortaleceram. Fui reeleito para um segundo mandato 2017-2020, com um aumento significativo no número de votos. O resultado das urnas me fez perceber que estava no caminho certo e me deu mais energia para continuar trabalhando.

Atuei nas mais diferentes frentes e aprovei projetos importantes de minha autoria e coautoria que se tornaram leis, como o Banco de Materiais de Construção, a Casa Paulistana, o fornecimento de merenda nas férias, a proibição de fogos de artifício com barulho, o impedimento do fornecimento de canudos plásticos em comércios, dentre tantos outros que estão em andamento, como o desmonte do Minhocão e requalificação da região, o Bilhete do Desempregado etc.

Ainda há muito a fazer, e ajudar nessa missão como um interlocutor dos que aqui moram é um privilégio.  Sendo assim, desejo a todos Boas Festas e espero que possamos continuar juntos em 2020!

Conheça nosso mandato mais de perto

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *