Notícias

Projeto de Lei: ‘tarifa do madrugador’ para os ônibus

Medida já é adotada pelo Metrô e pela CPTM e visa desafogar coletivos em horários de pico

O vereador Mario Covas Neto protocolou na Câmara Municipal seu novo projeto de lei que prevê a criação da tarifa do madrugador para os ônibus da capital.

A proposta sugere a aplicação, por meio do sistema Bilhete Único, de uma tarifa reduzida aos passageiros que utilizarem o transporte municipal entre as 4h e 6h durante os dias da semana e aos sábados.

“A lotação excessiva dos coletivos é uma reclamação recorrente da população. Ao oferecer uma opção mais barata de passagem em um horário alternativo, cria-se uma oportunidade de desafogar os ônibus em horário de pico”, explica o vereador.

De acordo com o projeto, o valor da passagem – a ser definido pela prefeitura – não pode superar em 77% o valor cobrado pela tarifa normal, de R$ 3,80.

Tal medida já é adotada pelo Metrô e pela CPTM. Em ambos, cada um com uma faixa de horário própria, o valor da tarifa do madrugador é de R$ 2,92 – 23% mais barata.

No documento, Covas determina que questões referentes à integração da nova tarifa dos ônibus com demais meios de transporte públicos serão definidos pela prefeitura.

Conheça nosso mandato mais de perto

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *