São Paulo, 4 de abril de 2013

Projeto do vereador é aprovado em 1ª votação

Foi aprovado em 1ª votação pela Câmara Municipal nesta quarta-feira, 3, o PL 26/2013, elaborado pelo vereador Mario Covas Neto. O projeto dispõe da aplicação de uma advertência por escrito, livre de encargos financeiros, para motoristas que desobedecerem o Rodízio Municipal. A nova norma, que substitui a multa, só é válida para os não reincidentes da infração nos 12 meses anteriores.

De acordo com o vereador, a ideia do projeto é minimizar os efeitos nocivos do trânsito aos bons condutores. “Muitas vezes o motorista acaba penalizado por uma situação que lhe foge ao controle, como um engarrafamento. Isso pode impedi-lo de chegar ao seu destino antes do começo do rodízio”, explica.

Os pontos referentes à infração, no entanto, continuarão a ser descontados na CNH – alterar tal atribuição não cabe aos vereadores. Fica suprimido, portanto, o valor da multa, e não a pontuação da carteira.

O projeto objetiva, simultaneamente, a educação do motorista e a compreensão da Prefeitura. Esta, ao abrir mão do dinheiro da multa, passa a entender que nem sempre o cidadão infringe a lei porque quer.

O projeto será colocado em pauta para 2ª votação. Se aprovado, segue para sanção do prefeito Fernando Haddad.

Confira abaixo a entrevista do vereador ao Jornal da CBN:

Tags: , , , ,

[manual_related_posts]

Uma resposta Projeto do vereador é aprovado em 1ª votação

  1. Dionisio Pastore disse:

    Parabéns Zuzinha !
    Esse é o primeiro de muitos . Saúde e sorte pra você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *