São Paulo, 13 de agosto de 2019

Projeto de lei dá nome de Walter Barelli a praça

O vereador Mario Covas protocolou na terça-feira, 13 de agosto, um projeto de lei que dá o nome do economista Walter Barelli para uma praça localizada na avenida Hélio Pellegrino, no encontro entre a Rua Ribeirão Claro e a Rua Clodomiro Amazonas, na Vila Olímpia.

O economista e ex-ministro do Trabalho faleceu no último dia 18 de julho, aos 81 anos, depois de longa internação hospitalar, decorrente de ter sofrido grave queda.  Barelli sempre teve notoriedade por sua trajetória no sindicalismo e na defesa de bandeiras trabalhistas, como o aumento salarial e a ampliação do nível de emprego no Brasil.

Nascido em São Paulo, no bairro de São Miguel, filho de um mecânico e de uma tecelã. Foi aluno da Faculdade de Economia e Administração da USP, onde aderiu a Juventude Universitária Católica (JUC), que o permitiu, em suas palavras: “estudar a Realidade Brasileira”. Membro ativo da militância estudantil participou das eleições da União Estadual dos Estudantes (UEE) e da União Nacional dos Estudantes (UNE).

Já formado, Barelli integrou o Sindicato dos Bancários de São Paulo. E em 1965, durante a ditadura militar, assumiu o cargo de diretor técnico do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), cargo que exerceu com grande competência e reconhecido prestígio até o ano de 1990. Em razão de sua forte atuação sindical, foi preso em 1979 pelos aparatos de repressão da ditadura, sendo detido no DOPS (Departamento de Ordem Política e Social).

Durante a redemocratização, participou dos trabalhos na Assembleia Nacional Constituinte, sempre próximo ao sindicalismo. Realizou oposição ao governo de Fernando Collor de Mello, e após o impeachment, aceitou o convite do então Presidente Itamar Franco para o cargo de Ministro do Trabalho. Na posição de Ministro, se dedicou à política de reajustes salarial, ao controle da inflação e ao combate ao trabalho infantil e escravo.

Filiou-se ao PSDB em 1994, exercendo importantes funções na Executiva Nacional do partido, e nas campanhas de Mario Covas e Fernando Henrique Cardoso. Entre 2005 e 2007, atuou como Deputado Federal. Com o fim do mandato, dedicou-se a vida acadêmica, lecionando em importantes universidades do país, como PUC, FGV e Unicamp.

“Por toda sua contribuição para a sociedade, nada mais justo, do que esta singela homenagem, onde seu nome permanecerá presente como exemplo de vida a inspirar nossas próximas gerações”, ressaltou o vereador Mario Covas na justiça da homenagem.

 

 

Tags: , , , ,

[manual_related_posts]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *