São Paulo, 13 de junho de 2019

Funcionalismo: Emenda de Covas prevê abono de 20%

Os recursos seriam provenientes da CPI dos Grandes Devedores

Está em debate na Câmara Municipal o projeto de lei 616/2018, de autoria do Executivo. O texto original do PL prevê abonos complementares e de compatibilização para os servidores municipais da educação.

No início da sessão, o governo sugeriu um texto substitutivo ao PL 616/2018, estendendo os abonos às demais categorias de funcionários municipais, por meio de um plano de bonificação por resultados. Além do abono, o projeto estabelece reajuste anual de 0,01%, retroativo a 1° de maio de 2016.

Na ocasião, o vereador Mario Covas protocolou uma emenda em que autoriza a Prefeitura a destinar 20% dos valores arrecadados via CPI dos Grandes Devedores, em forma de abono, para os funcionários públicos do município de São Paulo.

“Os funcionários públicos não têm aumento faz muito tempo. Em contrapartida, a prefeitura tem um orçamento muito apertado e que engessa. A saída seria aumentar impostos, porém, na crise que estamos esse não é o desejo de nenhum governante. Por isso, a ideia de usar parte do recurso proveniente da CPI. Esse é um dinheiro extra e que não estava previsto, ou seja, não haverá prejuízo a nenhuma outra área”, justificou o vereador.

O projeto deve ser votado, bem como a emenda, na semana do dia 25 de junho.

Tags: , , , , , , , ,

[manual_related_posts]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *